Tiago Correia / A Turma - © Francisco Lobo

© Francisco Lobo

Janeiro

31 Sex Jan 21.00h 1 Sáb Fev 19.00h

CAMPO ALEGRE Auditório

7.00€ • 2.00h • >14

Tiago Correia / A Turma

Turismo

Teatro
Estreia
Tiago Correia / A Turma - © Francisco Lobo

© Francisco Lobo

 
Uma cidade ferida no coração pelo fenómeno turístico. Durante três dias e três noites vertiginosas, seis personagens conflituam e debatem-se com o fechamento de horizontes que a nova ordem neoliberal lhes impõe. A CIDADE, espaço físico e mental onde estas histórias de vida se encadeiam, cruzam e desaguam, não se apresenta como um mero pano de fundo, pois os seus próprios dramas e dores de crescimento assumem total protagonismo. À urbe cartografável sobrepõem-se geografias sentimentais, retrospecções e projecções que constroem um lugar compósito, multifacetado a ponto de se tornar transversal às cidades ocidentais. Pelo que, a par de uma reflexão acerca de questões que assombram o nosso «aqui e agora», evidenciam-se a pujança e a fragilidade das relações humanas moldadas pelo medo e problematizam-se questões como a identidade, a memória, a dignidade, o amor e a justiça. — Regina Guimarães


Tiago Correia (Tomar, 1987). Licenciado em Teatro-Interpretação e Pós-Graduado em Dramaturgia e Argumento, pela ESMAE. Estudou ainda com Anatoli Vassiliev, Alessio Nardin, Martin Crimp, Jean-Pierre Sarrazac, H. T. Lehmann, Raimondo Cortese, Sanja Mitrovic, Viktor Bódo, Ewan Downie, Norman Taylor, entre outros. Cofundou A Turma, em 2008, assumindo a sua direção artística desde 2018. É ator em teatro, cinema e televisão e recebeu o Prémio de Melhor Ator no Festival Ver e Fazer Filmes da Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012. Encenou, pel’A Turma, “História de Amor (Últ. Cap.)" de Jean-Luc Lagarce, “Do Discurso Amoroso” a partir de Roland Barthes, “Gaspar” de Peter Handke, “A Noite Canta” de Jon Fosse e “Pela Água”, que também escreveu. As suas criações foram apresentadas na Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012, no Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (em 2011, 2016 e 2019) e circularam um pouco por todo o país. Escreveu vários textos dramáticos (8 peças de teatro, 1 média-metragem, 2 documentários, 3 audiowalks), já produzidos ou em fase de produção, não apenas pela sua própria companhia, mas também por outros encenadores ou realizadores, em Portugal e no Brasil. Recebeu por duas vezes o Grande Prémio de Teatro Português da SPA, com os textos "Pela Água” (2016) e “Alma” (2018). É professor de interpretação na Academia Contemporânea do Espetáculo de Famalicão desde 2011. É músico e compositor da banda Les Saint Armand.

  • Texto original e encenação 
    Tiago Correia
    Consultoria artística e tradução 
    Regina Guimarães
    Interpretação 
    André Júlio Teixeira, Cláudia Lázaro, Inês Curado, José Eduardo Silva, Paulo Lages e Romi Soares
    Cenografia
    Ana Gormicho
    Desenho de luz
    Rui Monteiro, Teresa Antunes
    Desenho de som e música original
    Rui Lima e Sérgio Martins
    Figurinos
    Sara Miro
    Vídeo e fotografia
    Francisco Lobo
    Design gráfico
    Francisco Ribeiro
    Edições
    Edições Húmus
  • Direção técnica
    José Diogo Cunha
    Assistência à elocução em língua francesa
    Absinte Abramovici
    Produção executiva
    Maria Pinto
    Produção
    A Turma (Estrutura financiada pela República Portuguesa – Ministério da Cultura / Direção Geral das Artes)
    Coprodução
    Teatro Municipal do Porto e Cine-Teatro Louletano
    Mecenas
    Brochado Coelhos e Associados e Central de Informação
    Apoios
    A Liga, Fnac Santa Catarina, Fundação José Rodrigues, Pedras e Pêssegos e Zumbido Studio
    Apoios à divulgação
    Antena 2, Fnac Santa Catarina, Gerador